Feed - Terceira Idade Praia Grande Fórum - Terceira Idade Praia Grande Facebook - Terceira Idade Praia Grande
Twitter - Terceira Idade Praia Grande Google+ - Terceira Idade Praia Grande Skype - terceiraidadepraiagrande
Blogger Terceira Idade Praia Grande

Mensagens

  • Follow Me on Pinterest

Praia Grande – SP

  • Follow Me on Pinterest

aeródromo santos

Página 1 de 11

Complexo empresarial irá gerar empregos em Praia Grande, SP

Objetivo é concentrar mais de 200 empresas de diversos segmentos.
O Complexo Empresarial e Aeroportuário Andaraguá
O Complexo Empresarial e Aeroportuário Andaraguá, que será construído em Praia Grande, no litoral de São Paulo, deve gerar 15 mil empregos nos próximos dez anos. O espaço ainda não começou a ser construído, mas a ideia foi aprovada recentemente e, após alguns trâmites burocráticos, a obra será iniciada e deve ter a parte funcional do projeto concluída em dois anos.
O Complexo Empresarial e Aeroportuário Andaraguá
Antes, a obra havia esbarrado na emissão do EIA-RIMA (Estudo e Relatório de Impacto Ambiental) para sair do papel. Com o aval, o projeto irá adiante. “A Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb) emitiu um parecer técnico atestando a viabilidade ambiental desse projeto. Esse parecer foi submetido ao Conselho Estadual de Meio Ambiente e fiz uma apresentação na qual obtivemos os votos para a construção, sem nenhum parecer contrário. Temos uma licença prévia do empreendimento, com algumas condicionantes”, diz o diretor de expansão da ICIPAR Empreendimentos e Participações, André Ursini.


O principal objetivo do complexo é concentrar mais de 200 empresas de diversos segmentos não poluentes em um local onde possam ter fácil acesso às importações e exportações. O projeto está dividido em cinco fases. “As empresas têm de gerar empregos e temos que nos desenvolver. Com o empreendimento vamos gerar milhares de empregos, além de gerar receita para o município”, comenta o diretor da empresa.

O aeródromo é financiando pela empresa ICIPAR, responsável pelo projeto, e trará pouco impacto para a população local, uma vez que, cada decolagem durará cerca de sete minutos. Seis aeronaves deverão ser atendidas diariamente. Um prédio também será construído, disponibilizado para ensino técnico e universitário, em parceria com os governos estadual e municipal, visando a qualificação de mão de obra e fazendo com que as empresas instaladas no local possam empregar os moradores da região.


O complexo ficará no bairro Andaraguá, que foi escolhido por conta de sua localização estratégica, perto de uma rodovia e próxima de uma linha férrea. A distância de apenas 17 km para o Porto de Santos, no litoral paulista, também contribuiu para a escolha. “Toda a estrutura levará dez anos para ser finalizada. Mas estamos trabalhando em cima dessas compensações e, dentro de um prazo estimado de seis de instalação, vamos começar as obras. A localização é muito favorável e acreditamos no sucesso desse projeto”, encerra Ursini.

Fonte

Página 1 de 11