Feed - Terceira Idade Praia Grande Fórum - Terceira Idade Praia Grande Facebook - Terceira Idade Praia Grande
Twitter - Terceira Idade Praia Grande Google+ - Terceira Idade Praia Grande Skype - terceiraidadepraiagrande
Blogger Terceira Idade Praia Grande

Mensagens

  • Follow Me on Pinterest

Praia Grande – SP

  • Follow Me on Pinterest

administração municipal praia grande

Página 1 de 11

Ação Cidadania mobiliza mais de 5 mil pessoas

Evento ocorreu neste sábado (25), na EM Gregório França Siqueira, Bairro Esmeralda.

Mais de cinco mil pessoas passaram neste sábado (25), para usufruir de um dos 115 serviços oferecidos pelo programa Ação Cidadania, na EM Gregório França Siqueira, no Bairro Esmeralda. A iniciativa visou reunir uma série de serviços oferecidos pela Administração Municipal, em um único lugar, através de parceria com órgãos como Cartório Civil de Registros, Procon, Delegacia Civil, entre outros. O prefeito Alberto Mourão esteve na unidade, prestigiando o evento.

Moradora do bairro, Yansan Silva dos Santos, compareceu a escola para tirar a primeira via da carteira de identidade dos dois filhos. Na unidade, ela aproveitou para cortar o cabelo das crianças. “Essa ação é importante, pois muitas pessoas que moram por aqui, não têm condições de se locomover para outros locais para tirar carteira de identidade, foto e outros serviços”, destacou.

Olivia de Cássia Avenci, também participou do Ação Cidadania. Na escola, a moradora aproveitou para fazer teste oftalmológico, além de tirar dúvidas sobre IPTU e INSS. “Moro no bairro e fiquei surpresa com a organização do evento. O espaço é propício para o evento e a iniciativa é importante, porque facilita o acesso a vários serviços, inclusive, documentação pessoal”, agradeceu.

Dentre os serviços oferecidos durante o programa, os destaques ficam por conta da emissão de documentos, além de testes rápidos de saúde, cortes de cabelo, assessoria jurídica, entre outros. Para Alberto Mourão, o Ação Cidadania não tem apenas o objetivo de disponibilizar uma série de atendimentos. “Com esse evento, aproveitamos para informar a população sobre os serviços desenvolvidos pela Administração Municipal”, explicou.

“Fora isso, tem o fato de economizarmos esforços da população. Pois, no dia a dia, o morador precisa se deslocar a mais de um lugar para tirar uma carteira de identidade, por exemplo, uma vez que necessita tirar foto e fazer a cópia de algum documento”, continuou o prefeito. “Aqui ele encontra tudo em um único lugar, poupando tempo e, principalmente, dinheiro”.

Para o subsecretário de Ação e Cidadania, Anderson Mendes, o evento permite ainda a integração da Administração Municipal, com a comunidade. “O Ação Cidadania teve um resultado melhor do que esperado. Pois, promovemos também o envolvimento e momentos de lazer para as famílias que residem no bairro. A tal ponto de os pais participarem de atividades lúdicas com seus filhos”, finalizou.

Fonte

Reunião aborda parceria com evangélicos

Divisão de Religiões quer maior proximidade com grupos.

A fim de aproximar a Administração Municipal de segmentos religiosos, a Prefeitura realizou uma reunião com representantes de várias igrejas evangélicas, segunda-feira (13), no auditório Jornalista Roberto Marinho, no bairro Mirim. Pelo menos 200 pessoas, entre pastores e fiéis, participaram do encontro que abordou assuntos como apoio a eventos, auxílio na legalização de templos e até tratamento acústico nas igrejas para evitar incômodo a moradores vizinhos.

Para manter um relacionamento com as 306 igrejas evangélicas de Praia Grande, a Prefeitura criou a Divisão de Religiões, que é subordinada a Subsecretaria de Ação e Cidadania.

De acordo com o subsecretário de Ação e Cidadania, Anderson Mendes, o Governo Municipal observou a importância de manter uma parceria com os grupos religiosos. “Principalmente no trabalho voltado para a área social exercida pelas igrejas, que acaba auxiliando a Administração Municipal na ajuda ao cidadão”, enalteceu.

A iniciativa faz parte do programa Ação Integrada, que prevê a participação da população na gestão municipal. No final do mês de março, integrantes das matrizes africanas também se reuniram com a Divisão de Religiões. Para destacar a necessidade de os templos estarem legalizados, com os devidos alvarás, representantes da Secretaria de Finanças também participaram das discussões.

Segundo o secretário de Finanças, Roberto Lopes Franco, a proposta também beneficia os grupos religiosos na obtenção de benefícios como isenção de IPTU, licença para realização de eventos, interdição de vias e outros. A obediência à legislação foi outro aspecto apontado pelo secretário. “Muitos templos precisam ter isolamento acústico, como qualquer estabelecimentos que emite som. Por vezes, a reclamação vem a nós através do Ministério Público, que também recebe denúncias por parte de moradores”, enfatizou.

Vontade – Presente na reunião, o presidente do Conselho de Pastores de Praia Grande, Tarles Elias, também pastor da igreja Comunidade Apostólica Livre (CAL), reconheceu a importância da iniciativa da Administração Municipal. “Era um anseio nosso como Conselho porque sabemos da necessidade em organizar a casa de Deus. Antes, éramos nós quem nos preocupávamos em organizar a situação das igrejas.

Somos gratos à Prefeitura porque, com a ajuda que teremos, poderemos nos preocupar com situações que envolvem mais nosso cotidiano”.

Fonte

Página 1 de 11