Feed - Terceira Idade Praia Grande Fórum - Terceira Idade Praia Grande Facebook - Terceira Idade Praia Grande
Twitter - Terceira Idade Praia Grande Google+ - Terceira Idade Praia Grande Skype - terceiraidadepraiagrande
Blogger Terceira Idade Praia Grande

Mensagens

  • Follow Me on Pinterest

Praia Grande – SP

  • Follow Me on Pinterest

acelerar recuperação paciente praia grande

Página 1 de 11

Hospital adota projeto para acelerar recuperações cirúrgicas em Praia Grande

A iniciativa tem como objetivo acelerar a recuperação de pacientes submetidos a cirurgias.

O Hospital Municipal Irmã Dulce de Praia Grande está desenvolvendo todos os preparativos necessários para implantação do projeto ACERTO (Aceleração da Recuperação Total Pós-operatória). A iniciativa tem como objetivo acelerar a recuperação de pacientes submetidos a cirurgias. A ação foi apresentada aos profissionais de saúde da unidade (médicos, enfermeiros, nutricionistas e fonoaudiólogas, entre outros) pela médica Maria Odila Gomes Douglas, presidente da Comissão de Terapia Nutricional do hospital e assistente técnica da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Adulto.

O projeto tem como base o programa europeu chamado ERAS (Enhanced Recovery After Surgery). Um dos pontos centrais do Acerto é identificar e melhorar a eficácia das práticas relacionadas à terapia nutricional de pacientes nas fases pré e pós-operatória, e desta forma reduzir riscos de infecção, compilações e tempo de internações, entre outros benefícios.

Maria Odila, que também é especialista em Terapia Intensiva pela AMIB (Associação de Medicina Intensiva Brasileira) e em Nutrologia Clínica pela SBNPE (Sociedade Brasileira de Nutrição Parenteral e Enteral), explicou sobre o risco de desnutrição, relacionada não só à doença, mas também a outros fatores.

“Quando internado, a primeira coisa que o paciente perde é o apetite. Crianças e idosos são os que mais sofrem. Estimulá-lo está entre os principais desafios de toda equipe multidisciplinar. No Irmã Dulce, a Unidade de Nutrição e Dietética se esforça em elaborar pratos atrativos, adequando-os às necessidades de cada paciente”.

O hospital conta com o serviço de Psicologia, que intervém quando aspectos emocionais ameaçam prejudicar o tratamento. Outros profissionais, como os de Fonoaudiologia e Fisioterapia, também atuam em parceria com médicos especialistas e a enfermagem.

Jejum

O programa visa quebrar paradigmas da medicina relacionados à nutrição de pacientes cirúrgicos. Na maior parte dos casos, não há necessidade de jejum prolongado no período pré, intra e pós-operatório, como esclareceu a médica, exceto em situações específicas.

Seguindo a linha do projeto ACERTO, Maria Odila apresentou medidas que contribuem para uma nutrição adequada, como informações ao paciente e avaliação de risco e suporte nutricional, entre outras. A apresentação se completou com a participação da nutricionista Beatriz Onha, de uma empresa especializada, sobre nutrição enteral e suplementação oral com fórmulas especiais.

Fonte

Página 1 de 11