Doença degenerativa afeta geralmente pessoas acima dos 65 anos.

A Unidade de Saúde da Família (Usafa) do Bairro Forte desenvolverá novas ações sobre o mal de Alzheimer ao longo de 2013. A doença degenerativa afeta geralmente pessoas acima dos 65 anos. Nesta segunda-feira (15) ocorreu o terceiro encontro do ano relacionado ao tema. Cerca de 20 pessoas participaram da atividade.

As reuniões acontecerão quinzenalmente. O próximo encontro está agendado para 29 de julho, às 15 horas. O tema central dos trabalhos é ‘Tratamento e prevenção do mal de Alzheimer’. Uma abordagem diferenciada com ênfase em determinado assunto faz parte do cronograma das atividades. Neste início de semana a alimentação mereceu destaque especial.

Participam dos encontros usuários da Usafa que são portadores da doença, familiares ou ainda pessoas integrantes da melhor idade que buscam realizar atividades voltadas a prevenção. A troca de experiências entre os participantes é outro ponto destacado
A supervisora da unidade, Isabel Carvalho França, comentou que o número de participantes segue aumentando a cada reunião. “São dadas dicas dos principais procedimentos que devem ser adotados com os pacientes. Transmitindo informações sobre a doença podemos colaborar de forma positiva com as pessoas”.

Os trabalhos contam com coordenação de três agentes comunitários de saúde que atuam na região da Usafa Forte. São eles: Andréa Cristina Sividanis Inada, Fernanda de Lucca e Danilo San’tana. As visitas domiciliares e o contato diário com a população motivou o trio a organizar ações sobre o tema.

Para Andréa Cristina, a realização de algumas atividades simples no dia a dia fazem enorme diferença na prevenção da doença. “As pessoas precisam estimular o cérebro. Uma boa alimentação, dormir com qualidade, praticar alguma atividade física, tudo isso pode ser fundamental para evitar doenças como o mal de Alzheimer”.

Reunião – A primeira parte do encontro foi voltada a explicação de como é o mal de Alzheimer. Um vídeo com tópicos de todas as etapas da doença foi passado. Os participantes acompanharam atentamente cada informação transmitida.

Na sequência foram desenvolvidas atividades práticas. Denominadas ‘ginástica cerebral’, as ações eram voltadas a estimular o raciocínio dos participantes. Animados, todos cumpriram as metas para esta fase.

A dona de casa Judith Santos Oliveira, que reside em Praia Grande há 3 anos, prometeu voltar no próximo encontro. “Não tenha a doença nem histórico dela na família. Mesmo assim continuarei participando como prevenção. Farei atividades em casa também. Vou convidar minhas amigas para que venham no próximo encontro”.

Alzheimer – O mal de Alzheimer, ou doença de Alzheimer, é apontado por especialistas como a forma mais comum de demência. Esta doença degenerativa, até o momento incurável e terminal, teve sua primeira descrição em 1906, pelo psiquiatra alemão Alois Alzheimer, de quem herdou o nome.

A doença afeta geralmente pessoas acima dos 65 anos, embora seu diagnóstico seja possível também em pessoas mais novas. Antes de se tornar totalmente aparente, o Mal de Alzheimer vai se desenvolvendo por um período indeterminado de tempo e pode manter-se não diagnosticado durante anos.

A doença se manifesta de maneiras diferentes. Apesar disso, existem pontos em comum. Entre eles, o sintoma primário mais comum é a perda de memória. Muitas vezes os sintomas iniciais são confundidos com problemas de idade ou estresse. Quando a suspeita recai sobre o Mal de Alzheimer, o paciente é submetido a uma série de testes cognitivos.

Com o avanço da doença vão aparecendo novos sintomas como confusão, irritabilidade e agressividade, alterações de humor, falhas na linguagem, perda de memória e o paciente começa a desligar-se da realidade. As suas funções motoras começam a se perder e o paciente acaba por morrer.

Fonte

Delegação da Cidade embarcou nesta segunda-feira (15).

A partir desta segunda-feira (15), Praia Grande participa da sexta edição dos Jogos dos Idosos de São Sebastião (JISS), no Litoral Norte. A competição reúne idosos de diversas regiões do Estado, em 15 modalidades e segue até o próximo sábado (20). A delegação, com 50 atletas, estava animada no momento do embarque para o torneio.

Os próximos dias serão de muitos desafios para os atletas que disputarão 15 modalidades entre as quais dança, pesca, tênis de campo e de mesa, caminhada, bocha, buraco, dominó, malha, natação, peteca, tranca, vôlei e xadrez.

A primeira disputa acontece já na abertura da competição. Durante a cerimônia, que acontece no Teatro Municipal, no Centro Histórico de São Sebastião, as cidades participantes concorrem com os grupos de dança, apresentando as coreografias.

A enxadrista Fátima Aparecida Heberaldo, de 60 anos, participou da edição do ano passado e achou o nível das concorrentes bem abaixo do seu. No entanto, para este ano, espera que a disputa seja mais acirrada, já que os adversários conhecem o seu nível de habilidade. “Estou na expectativa pelas partidas, espero não fazer feio. Estou preparada para qualquer resultado”, esclareceu.

Novato na natação, o casal Maria Bezerra de Carvalho, de 66 anos, e Hélio Marques Teixeira, de 72, está ansioso pela estreia na competição. “Estou bastante ansiosa e um pouco preocupada com a disputa, mas treinei bastante e vou fazer o possível”, revelou Maria.

Já o marido está mais tranquilo. Momentos antes do embarque a ansiedade da primeira disputa dava lugar à animação. “Me sinto muito bem. Vou com vontade e fé de que vencerei. Pelo que meu professor me falou, vou chegar junto aos campeões. Eu vou para ganhar”, revelou.

Além de Praia Grande, Ilhabela, Caraguatatuba, São José dos Campos, São Bernardo do Campo, Cubatão, Casa Branca, Santana de Parnaíba e Mogi Das Cruzes também participam do JISS.

Para a coordenadora de Programas da Terceira Idade do FSS, Vânia Gimenez, que acompanha o grupo durante a disputa, os atletas ficam muito felizes em defender o nome de Praia Grande no JISS. “Sempre participamos de todas as disputas e o resultado é sempre muito satisfatório. Eles adoram a competição”, destaca.

Graças à parceria do Fundo Social de Solidariedade de Praia Grande (FSS) e da Secretaria de Promoção Social da Cidade (Sepros), o grupo ganhou transporte, alimentação e a supervisão de professores e monitores durante toda a viagem.

Atletas – Todos os participantes passaram por avaliações físicas e exames médicos antes das disputas. Os uniformes foram cedidos gratuitamente aos competidores.

Fonte

Setor está redirecionando patrulhas com base no número de acidentes.

A Secretaria de Trânsito de Praia Grande (Setran) está reestruturando o trabalho de orientação e fiscalização viária da Cidade. Desde sábado (6) os agentes da Setran estão preenchendo diariamente um documento chamado de Cartão de Prioridade de Orientação e Fiscalização, que consta informações detalhadas das ocorrências do dia, além das ações realizadas no trânsito da Cidade. Além disso, desde o início da reestruturação, as estatísticas de acidentes levantadas mensalmente pelo setor e pela Polícia Rodoviária estão servindo de base para o direcionamento das patrulhas, intensificando ações nas áreas mais problemáticas.

De acordo com o chefe da Divisão de Orientação e Fiscalização de Trânsito de Praia Grande, Marcelo Chaves de Freitas, antes os trabalhos seguiam planejamentos feitos com base em eventos, trabalhos públicos realizados na Cidade e ocorrências levantadas pelos próprios agentes. A nova forma de trabalho, ainda segundo ele, permite uma ação mais eficaz. “Por exemplo, recentemente os dados apontavam que o Bairro Guilhermina apresentava os maiores números de acidentes da Cidade. Por isso, na última semana reforçamos a ação dos agentes de trânsito nos trechos mais problemáticos, apresentando resultados positivos diariamente”, afirmou.

Marcelo de Freitas explicou ainda que o relatório diário feito no Cartão de Prioridade de Orientação e Fiscalização também será utilizado em estratégias futuras. “O antigo relatório não era tão completo quanto este, pois agora especificamos hora a hora onde o agente de trânsito está e qual ação está realizando. Com os nossos dados, juntamente com o levantamento feito pela Polícia Rodoviária, teremos um diagnóstico mais completo do que acontece na cidade”, explicou.

0800 – E para outras informações sobre o trânsito na Cidade, o morador pode entrar em contato com a Setran pela linha gratuita 0800-7720194. No telefone o contribuinte pode relatar ocorrências de trânsito, informar sobre veículos abandonados nas vias de Praia Grande, solicitar mais informações sobre operações viárias, entre outros. O atendimento acontece 24 horas por dia.

Fonte

Ação acontece nos dias 17 e 18 de julho, sempre às 16 horas.

A Galeria Nilton Zanotti, que faz parte do Complexo Cultural Palácio das Artes, em Praia Grande, receberá nos dias 17 e 18 de julho apresentações de corais da Cidade. Os eventos são gratuitos e abertos a toda comunidade. Além de conferir as performances, os presentes ainda poderão visitar gratuitamente a mostra Marcos da TV Brasileira, que segue exposta no local durante o mês de julho. O Palácio das Artes fica na Avenida Presidente Costa e Silva, 1600, Bairro Boqueirão.

De acordo com a regente do Conviver Ocian, Nívia Cordoni, que se apresenta na quarta-feira (17), às 16 horas, o grupo tem repertório variado. “Serão apresentadas oito músicas que vão desde o erudito até o popular. Acredito que os presentes vão gostar bastante do nosso trabalho”, afirmou. O coral da terceira idade, que existe desde 2010, conta atualmente com 50 integrantes e faz parte do Espaço Conviver Ocian (projeto da Secretaria Municipal de Promoção Social).

E na quinta-feira (18), também às 16 horas, será a vez do coral praia-grandense Agnus Dei se apresentar. O regente do grupo Ivan Menezes explicou como será a performance. “Será meia hora de canções clássicas e sacras. Somos um coral de vozes variadas, com integrantes de todas as idades”, explicou.

Exposição – A Galeria Nilton Zanotti, onde as apresentações de corais serão realizadas, está recebendo desde o dia 16 de maio a mostra Marcos da Televisão Brasileira, organizada pela Associação dos Pioneiros, Profissionais e Incentivadores da Televisão Brasileira (Pro TV) e pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo. A mostra conta com 35 banners com fotos de artistas e fatos históricos, além de vídeos que mostram passagens importantes sobre o meio de comunicação.

A exposição pode ser conferida sempre de terça-feira a sábado, das 14 às 18 horas, até dia 21 de julho. A entrada é gratuita. Visitas monitoradas podem ser agendadas pelo telefone 3496-5726.

Fonte

Objetivo do Gamesp é integrar ações para combater crime na região.

Será instalado hoje na Baixada Santista o Gabinete Metropolitano de Gestão Estratégica da Segurança Pública.

O objetivo do Gamesp é ampliar e integrar as ações de combate ao crime. O gabinete inclui representantes da Secretaria de Segurança Pública, das nove prefeituras da região, das polícias Civil, Militar e Federal, do Ministério Público, do Poder Judiciário e da Sociedade Civil.

Os municípios envolvidas são Bertioga, Guarujá, Cubatão, Santos, São Vicente, Praia Grande, Mongaguà, Itanhaém e Peruíbe. A criação do Gamesp na Baixada Santista havia sido anunciada pelo governador Geraldo Alckmin em junho. Já há gabinetes estratégicos de segurança nas regiões metropolitanas de Campinas e do Vale do Paraíba.

A instalação do Gamesp na Baixada ocorre äs 10h na sede da Agem (Agência Metropolitana da Baixada Santista), em Santos.

Fonte