Praça da Paz - Praia Grande - SP

Situada no entroncamento das avenidas Brasil e São Paulo, no Bairro Guilhermina, a Praça da Paz é um espaço com sete esculturas assinadas pelo artista plástico Gilmar Pinna e realizadas em aço, carbono e ferro, representando personalidades históricas: Sérgio Vieira de Melo, Jesus Cristo, Maria Mãe de Jesus, Papa João Paulo II, Madre Tereza de Calcutá, Mahatma Gandhi e Nélson Mandela. Moradores e turistas passeiam ao redor de um espelho d’água e podem entrar nas esculturas, que são ocas. Dentro das estátuas existe uma descrição de cada personagem. Praia Grande tem outras duas esculturas de Gilmar Pinna instaladas na entrada da Cidade: os bustos dos jornalistas Roberto Marinho e Júlio de Mesquita, dispostos na Praça A Tribuna.

Fonte

Estátua de Netuno - Praia Grande - SP

O monumento é um dos marcos do Bairro Ocian. Na antiga mitologia greco-romana, Poseidon ou Netuno era o Deus dos mares. A estátua, que é construída em bronze e impressiona pela grandeza e exatidão de detalhes, foi inaugurada em 1956.

Fonte

Estátua de Santo Antônio - Praia Grande - SP

Inaugurada em 19 de janeiro de 2007, a escultura feita pelo artista plástico praia-grandense Edson Mônaco em concreto, alumínio e ferro está localizada no calçadão da praia do Bairro Boqueirão, em frente à Igreja Santo Antônio. A peça, que é adornada por pérgolas, é muito visitada não somente por devotos do santo, mas por apreciadores de arte contemporânea. Edson Mônaco também tem outras esculturas expostas na Cidade, como um peixe de alumínio na Boutique de Peixes, no Bairro Ocian, e um busto ornamentado nas sacadas do Palácio das Artes.

Fonte

Estátua de Iemanjá - Praia Grande - SP

A Estátua de Iemanjá é um marco histórico de Praia Grande. Localizada na Praia Mirim, tem aproximadamente 9 metros de altura. A imagem fica sobre dois espelhos d’água: um junto à areia e outro suspenso, na altura do calçadão da orla. Em sua base há uma cascata e espelho d’água, dando a sensação de que Iemanjá está sobre o mar. Há espaço protegido para a colocação de velas. O sistema de iluminação, com luminárias submersas na lâmina de água, tem foco direcionado à estátua. O espaço é ladeado por 16 coqueiros que representam os orixás (deuses) da Umbanda. É o local onde os adeptos podem realizar suas orações e depositar suas oferendas à Rainha do mar. Em dezembro milhares de fiéis se dirigem à Praia Grande, para a tradicional “Festa de Iemanjá”. No local onde está a estátua, é montada toda infra-estrutura de segurança, atendimento médico e de estacionamento pela Prefeitura.

Fonte

Capela Nossa Senhora da Guia - Praia Grande - SP

A capela foi construída pela família portuguesa Soares, em homenagem a Nossa Senhora da Guia, em sinal de agradecimento pela recuperação de uma filha que adoeceu e se recuperou milagrosamente. Em 1893 a imagem da Santa foi trazida da província de Trás os Montes, em Portugal, e 1894 a capela foi inaugurada. Há uma história curiosa a respeito da imagem da Santa: roubada na década de 60, foi vista depois de algum tempo por um comerciante de Praia Grande em uma feira na cidade do Rio de Janeiro. Devoto da Santa, o comerciante deixou um cordão de ouro que portava em troca da imagem, e a trouxe de volta à Capela. Ao lado da Igreja existe uma imagem de Cristo crucificado, em bronze. A Capela fica na Área de Lazer Ézio Dall´Aqua (Portinho), Bairro Sítio do Campo.

Fonte