Só em Praia Grande, segundo o Ministério do Turismo, espera-se 1,86 milhão de visitantes.

Guarujá e Praia Grande são duas das cidades mais procuradas do País para a temporada de verão. Só em Praia Grande, segundo o Ministério do Turismo, espera-se que 1,86 milhão de pessoas visitem o Município, ficando atrás apenas de São Paulo (3,28 milhões de visitantes), Florianópolis (2,09 milhões) e Rio de Janeiro (2,03 milhões) nas estimativas.

A previsão vale para o começo do verão, no próximo dia 21, até o Carnaval, em fevereiro. A grande quantidade de colônias de férias e de casas de veraneio, além da infraestrutura de Praia Grande, são os motivos apontados pelos analistas.

Na opinião de Alexandre Affonso, do Santos e Região Conventions & Visitors Bureau, o resultado não surpreende. “Há alguns anos isso já vem ocorrendo, tanto que a Prefeitura usa isso a seu favor”, diz ele.

“A Cidade tem um grande fluxo de pessoas pelo que chamamos de turismo social, que são as colônias de férias. Outra peculiaridade são os imóveis locados para temporada”, cita Alexandre. Ele ainda destaca os 21 quilômetros de praias, o triplo do que tem Santos.
Estrutura

Segundo a Prefeitura, Praia Grande tem 110 mil apartamentos de temporada e 11 mil leitos em colônias de férias. A maior delas é a do Sindicato dos Metalúrgicos.

“Nossa rede hoteleira realmente não é a maior, mas nossa proximidade com a Capital faz com que sejamos atrativos para os turistas”, avalia o secretário municipal de Turismo, Esmeraldo Vicente dos Santos.

“Acho que é resultado, também, do trabalho de infraestrutura que vem sendo criado ao longo dos últimos anos”, diz o prefeito Alberto Mourão (PSDB). “Temos os viadutos de São Vicente, que dão mais tranquilidade na chegada e na saída (à Praia Grande), o saneamento das praias e, também, uma agenda de atrações muito grande”, completa.

Fonte

A evolução do sistema em Praia Grande é constante, somente na última década foram construídos aproximadamente 39 km a mais de ciclovias.

Município da Baixada Santista com maior número de ciclovias e um dos principais do País nesta área, Praia Grande ampliou a quantidade de vias exclusivas para o uso de bicicleta com a reurbanização da Rua José Julio Martins Batista, no Bairro Antártica, finalizada neste mês de junho. Com isso, a Cidade passou a contar com 94,9 km de infraestrutura cicloviária.

A evolução do sistema em Praia Grande é constante, somente na última década foram construídos aproximadamente 39 km a mais de ciclovias em diversos bairros da Cidade (em 2008 eram 56,3 km de ciclovias construídas). E com os trechos já projetados a intenção da Administração Municipal é que nos próximos anos Praia Grande ultrapasse os 100 km construídos.

A Secretaria Municipal de Trânsito de Praia Grande (Setran) estima que um terço da população possua bicicleta e que a utilize como meio de transporte diário (aproximadamente 100 mil pessoas). No período de alta temporada de verão, quando Praia Grande ocupa a quarta colocação na preferência de turistas de todo o País, segundo pesquisa do Ministério de Turismo, esse número aumenta ainda mais.

De acordo com a chefe da Seção de Educação e Segurança do Trânsito de Praia Grande, Elaine Fornazieri, a Cidade define como um dos principais programas de educação para o trânsito uma política de utilização da bicicleta como modalidade de transporte seguro. “Para isso, vem investindo no desenvolvimento de trabalhos que interliguem todo o sistema urbano e promovam ações permanentes voltadas à utilização adequada desses equipamentos”. Fornazieri destacou que a cada novo trabalho urbano que é projetado na Cidade é sempre analisada a possibilidade de incluir uma via para a utilização exclusiva dos ciclistas.

Ciclista Cidadão

A Cidade conta com diversas ações voltadas ao ciclista e a principal delas é o projeto Ciclista Cidadão. Iniciado em setembro de 2011, ele consiste no cadastro de proprietários de bicicletas da Cidade realizado após colagem de adesivo numerado nos veículos. Com as informações levantadas, Setran está mapeando o perfil dos ciclistas da Cidade e direcionando de forma mais efetiva as ações de trânsito no Município. Os adesivos numerados do projeto Ciclista Cidadão foram confeccionados com material de alta aderência e reflexivo, que além de identificar os ciclistas ainda servem como elementos refletivos, tornando o veículo mais visível durante a noite. Atualmente, aproximadamente 19 mil ciclistas praia-grandenses já estão cadastrados.

Fonte

Natal Praia Grande

Aqueles que buscam uma chance no mercado de trabalho devem ficar de olho nas vagas disponíveis no comércio neste final de ano.
Natal Praia Grande
Nas lojas dos shopping centers da Baixada Santista, por exemplo, mais de 2,3 mil empregos temporários devem ser abertos, a maioria para caixas, balconistas e vendedores. Em alguns casos, a possibilidade de efetivação é real.
Litoral Plaza Shopping
Grande parte das oportunidades está concentrada no Litoral Plaza Shopping, Avenida Ayrton Senna da Silva, 1511, em Praia Grande. Lá, estima-se que mais de 1.150 trabalhadores temporários irão reforçar o time de colaboradores de mais de 170 das 220 lojas até o fim da temporada de verão. A perspectiva, revelada após um levantamento realizado junto às operações do empreendimento, apontou que a média de contratação será de sete temporários por loja.

As funções mais procuradas durante este período são balconistas, caixas, empacotadores, fiscais de loja, repositores e estoquistas. Ano passado, cerca de 23% dos contratados foram efetivados após a temporada de fim de ano.

Entre os meses de julho e setembro, mais de 740 currículos já foram cadastrados no site. Para auxiliar no processo de seleção de novos colaboradores, os lojistas têm acesso ao banco ao banco com todos os currículos devidamente cadastrados no site.
Praiamar Shopping
No Praiamar Shopping, em Santos, as lojas contam um acréscimo de 20% a 30 % em seu quadro, variando conforme o segmento em que atuam. Isso representa, em números absolutos, algo em torno de 450 vagas. Cada loja tem sua própria política de contratação e currículos podem ser encaminhados diretamente a elas ou deixados no balcão da administração do shopping, localizado na Rua Alexandre Martins, 80, Aparecida.

Há lojas que mantêm o efetivo extra até o término das férias, época aquecida em vendas. Outras contratam apenas para final de ano. É importante que os interessados sejam comunicativos e flexíveis quanto a horários.
Miramar Shopping
O Miramar Shopping, na Rua Euclides da Cunha, 21, Gonzaga, em Santos, informa que os interessados podem entregar os seus currículos diretamente nas lojas ou cadastrá-los no site do empreendimento, através do menu Contato. As vagas são variadas e dependem da necessidade de cada loja, pois cada uma necessita de cargos diferentes. Para este ano, serão cerca de 250 oportunidades temporárias.

A exigência depende do segmento e do contratante. Normalmente, é importante ter experiência. Os salários dependem do piso salarial de cada carreira e o contrato dura, em média, de quatro a seis meses, contemplando Natal, Férias e Carnaval.
Shopping Parque Balneário
As lojas do Shopping Parque Balneário, na Avenida Ana Costa, 549, Gonzaga, Santos, estão recebendo currículos e devem abrir aproximadamente 200 vagas. Os interessados também podem entregar seus currículos da administração do empreendimento ou enviar pelo e-mail [email protected]
Shopping Pátio Iporanga
O Shopping Pátio Iporanga espera empregar aproximadamente 120 pessoas para a temporada de fim de ano. Os currículos podem ser entregues na administração (Avenida Ana Costa, 465, Gonzaga) ou enviados para [email protected] O período de contratação varia de loja para loja, mas no ano passado aproximadamente 30% dos temporários foram efetivados.
Brisamar Shopping
Para o Brisamar Shopping, localizado na Rua Frei Gaspar, 365, Centro, São Vicente, a expectativa de contratação é semelhante as apontadas do Praiamar Shopping, com acréscimo médio de 20% a 30 % nos quadros das lojas, variando conforme o segmento em que atuam. Cada loja tem sua própria política de contratação e currículos podem ser encaminhados diretamente a elas ou deixados no balcão da administração do shopping.
Shopping Center La Pagle
As lojas do Shopping Center La Pagle, em Guarujá, devem contar com 150 a 200 funcionários temporários até o Carnaval de 2015. As pessoas interessadas devem entregar seus curriculos na administração do shopping, na Avenida Marechal Deodoro da Fonseca, 885, Pitangueiras.

A garçonete Lorena Sousa, que mora em Praia Grande, pretende agarrar uma dessas oportunidades. “Nunca trabalhei em emprego temporário, mas este ano irei me candidatar, pois tudo dando certo quero mudar de emprego. No momento, trabalho das 17 horas até 1h30 em uma lanchonete. Preciso de um emprego durante o dia”.

Fonte

A comemoração será no dia 13 de julho, com a apresentação de quatro bandas que relembrarão de Kiss a Iron Maiden.
Dia Mundial do Rock será comemorado em Cubatão
Cubatão não vai deixar o Dia Mundial do Rock passar em branco. A comemoração será no dia 13 de julho, com a apresentação de quatro bandas que relembrarão de Kiss a Iron Maiden. Será a partir das 14h, no Arraial Pé Serra, no Kartódromo Municipal (Rua Embaixador Pedro de Toledo, s/nº). Cubatão mantém viva a tradição no cenário roqueiro da região desde os anos 80, quando surgiram no município bandas voltadas para o Rock, Heavy Metal, Hardcore como Era de Aquarius, THC, SS, Terceiro Reich, UTI, Contramão, Máquina Zero, entre muitas outras.

O dia será inesquecível para aqueles que adotam o som das guitarras distorcidas como estilo de vida. Às 14h, a banda The Classics faz uma homenagem a um dos ícones do rock ‘n’ roll, o beatle George Harrison. O grupo traz à tona algumas canções muito conhecidas e outras nem tanto, mas que certamente estão no inconsciente coletivo de todos. São 20 composições que abrangem tanto a época dos Beatles quanto a bem sucedida carreira solo.

Harrison era o mais novo dos quatro Beatles e, em parte por isso e por ser eclipsado pelos talentos gigantes de Lennon e McCartney, só começou a ser reconhecido como compositor e produtor a partir do final do grupo. A banda The Classics foi formada 2007 pelos veteranos Rogério Baraquet (violão/guitarra e voz – ex-Arte Cínica e Cara Pálida, atual Sidarta), Douglas Arruda (bateria, ex-Karametade e banda Guernica) e Paulo Barbosa (baixista, também da banda Fusion), desde seu início, vem com a proposta de tocar somente músicas do período entre 1965 e 1990.

Às 16h, haverá transmissão da final da Copa do Mundo no telão instalado na praça de alimentação do Arraial. Depois, às 19h, o metal entra no palco com apresentação da Metanol Rock Band. Criada por membros de diferentes bandas de rock da Baixada Santista, a Metanol conta com: Fabrício Rodrigues (Máquina Zero) e Aldre Lima (Wicked Motor Band) nos vocais; Raul Bernardes e Reinaldo Andrade nas guitarras, Fabrício Leite no contrabaixo, Rogério Cunha nos teclados e Tito Giangiulio na bateria. A ideia é resgatar o melhor do rock clássico e progressivo, em músicas cheias de riffs contagiantes.

A noite prossegue com Iron Maiden Cover, da banda paulistana Children of the Beast. Começou em 1993 e desde então, consolidou-se como o tributo oficial do Iron na América do Sul. É considerada uma das melhores bandas covers do Iron Maiden no mundo. O espetáculo é bem fiel em produção, figurinos, interpretação, performance e, principalmente musicalidade. Canções como “The number of the beast” e “The Trooper” prometem agitar a plateia.

O encerramento será com Kiss Cover, por meio da apresentação da Banda Destroyer. Criada em 1984, por entusiasta do grupo, traz todos os hits e antigos sucessos do Kiss, incluindo a performance de palco e aparato cênico, como pirotecnia, características dos shows do Kiss nos nos 70. Os integrantes vestem as fantasias, pintam os rostos como Genne Simons, Paul Stanley e companhia, sendo que as roupas foram inspiradas na turnê Destroyer 1976. A banda foi reconhecida pelos integrantes do Kiss como sendo, oficialmente, a única banda tributo na América do Sul. O fato foi destaque na revista Metal Edge, em 96. Canções como “Detroit rock city” e “Rock ‘n’ roll all nite” estão no repertório do dia 13 de julho em Cubatão.

Fonte

Eventos acontecem às sextas-feiras, sábados e domingos.
Em Praia Grande, a renda será revertida ao Fundo de Solidariedade.
Bertioga e Praia Grande recebem a tradicional 'Festa da Tainha'
A Festa da Tainha acontece, neste fim de semana, em duas cidades da Baixada Santista, no litoral de São Paulo. Em Praia Grande, o evento vai até o dia 27 de junho. Já em Bertioga, a tradicional festa acontece até o dia 4 de agosto.

Neste ano, a Festa da Tainha, em Praia Grande, tem novo endereço. O evento acontece no ‘Pavilhão de Eventos Jair Rodrigues’, no bairro Quietude. A tainha é feita na telha e vem com arroz, farofa, camarão e vinagrete. O prato serve duas pessoas e custa R$ 65.

Pavilhão de Eventos Jair Rodrigues Quietude

Espaço Alvorada, localizado em frente à Avenida Marcos Freire, junto às ruas Álvaro Silva Júnior, Savério Fittipaldi e Acácias


Toda a renda será revertida ao Fundo de Solidariedade da Cidade. A festa vai até o dia 27 de junho, sempre às sextas-feiras, das 18h às 23h30, aos sábados das 12h às 23h30, e aos domingos, das 12h às 17h30. A entrada é de graça.

Já a Festa da Tainha de Bertioga, que acontece há 37 anos, deve atrais mais de 20 mil pessoas. Os organizadores estimam que cerca de 10 toneladas de peixe sejam consumidas. O prato será servido de duas formas: tainha assada na brasa, preparada com o peixe inteiro, ou espalmada, feita com o peixe aberto.

Os dois pratos servem até três pessoas adultas. Os demais acompanhamentos, como arroz, farofa, pão e vinagrete são disponibilizados por meio do sistema self-service, no qual o visitante pode se servir à vontade.

A Festa da Tainha, em Bertioga, acontece às sextas-feiras, a partir das 20h, aos sábados, a partir das 12h, e aos domingos somente no almoço. O evento vai até o dia 4 de agosto, na Praça de Eventos, ao lado do Parque dos Tupiniquins e Forte São João.

Fonte